Rádio JOVEM PAN

93,5. Jovem Pan Araxá

Ouvir

O que você sabe e como está a carreira internacional de Claudia Leitte

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Claudia Leitte se prepara para nova guinada em projeção para o exterior

Claudia Leitte se prepara para nova guinada em projeção para o exterior

Fonte: Reprodução

Claudia Leitte confirmou que está trabalhando com Anitta em vários projetos, lançou “Baldin de Gelo”, está confirmada no “The Voice Kids”, mas isso não a afasta de seu foco principal: a carreira internacional.

Esse, na verdade, é um plano que vem sendo traçado há alguns anos pela cantora e, ao que tudo indica, não deve demorar para render seus novos frutos.

Um dos primeiros flertes de Claudia Leitte com a música internacional foi a parceria que ela fez com Pitbull e Jennifer Lopez em “We Are One (Ole Ola)”, que se tornou a música oficial da Copa do Mundo de 2014.

Com a parceria, a cantora se tornou a primeira brasileira a pisar no palco da prestigiosa premiação Billboard Music Awards. No entanto, apesar de estar ao lado de grandes nomes da música em âmbito mundial, a música recebeu grande divulgação somente dentro do território nacional.

Mas o passo seguinte de Claudinha definiu sua estratégia internacional: trocar a gravadora Som Livre, uma das maiores do País, pela Roc Nation - que apesar de ser de propriedade de Jay-Z, é um passo aventuroso - em 2015.

Com a gravadora, a próxima aposta estrangeira de Claudia Leitte foi “Corazón”, música em espanhol, em que cantou ao lado de Daddy Yankee (de “Despacito”).

Desde então, faz 2 anos que a cantora não lançou mais nada voltado ao mercado estrangeiro. Ela apostou em "Taquitá" e "Baldin de Gelo", mas isso não quer dizer que ela parou de produzir conteúdo internacional. Pelo contrário.

Em recente entrevista ao Pânico na Rádio, ela revelou que está escrevendo suas primeiras músicas em inglês e espanhol e confirmou uma parceria nova com Pitbull, que dessa vez terá a divulgação voltada para a gringa.

“Estou escrevendo músicas em inglês pela primeira vez e em espanhol também. Vou me misturando e moldando”, falou. Ao dar detalhes sobre a parceria com Pitbull, a cantora entregou que não vai fugir de suas raízes: “é uma música forte, mas que tem a minha identidade”.

Na mesma entrevista, Claudia deu a entender que a demora para os lançamentos internacionais aconteceu devido à pressa com que entrou em estúdio e, no fim, decidiu regravar algumas das canções porque estava fugindo de sua identidade.

“Eu estava tão fissurada, queria fazer tudo perfeito e perdeu um pouco o sentido (...) então voltei para refazer tudo”, contou e afirmou que, apesar da pressão em lançar as faixas novas, ela não tem pressa. “Não existe desespero”, confirmou.


Tags da Pan

Comentários